5 Maneiras para reduzir o retrabalho na construção com o BIM 360

5 Ways BIM 360 Docs Reduces Rework iPad 300x212 - 5 Maneiras para reduzir o retrabalho na construção com o BIM 360

Qual gerente de construção não gostaria que seu time fosse 68% mais produtivo?

De acordo com uma pesquisa realizada no setor nos Estados Unidos, esse é o resultado alcançado com a utilização da computação em nuvem – e aplicativos como o BIM 360, que elimina a necessidade do papel. Esta é uma ótima notícia para o setor de construção; que, por anos, tem lutado com margens decrescentes e projetos cada vez mais complexos.

Mesmo sendo um dos maiores setores da economia mundial e empregando 7% da população mundial em idade para trabalhar, o crescimento da produtividade da mão-de-obra na construção foi em média de apenas 1% ao ano nas duas últimas décadas, em comparação com o crescimento de 2,8% para a economia mundial total e de 3,6% no caso de manufaturas – segundo a empresa de consultoria McKinsey. Isso mostra a estagnação na qual a indústria se encontrava.

No entanto o setor da construção está passando por inúmeras mudanças, adotando novas tecnologias e metodologias. De acordo com a McKinsey, exemplos de empresas inovadoras sugerem que atuar em sete áreas simultaneamente poderia aumentar a produtividade em 50 a 60 por cento e duas dessas áreas são justamente a infusão de tecnologias digitais e o desenvolvimento de um planejamento adequado.

 

A computação em nuvem com certeza tem um grande impacto nessa transformação da dinâmica da indústria. Através dela, é possível adquirir acessibilidade, confiabilidade, capacidade de computação e processamento quase que infinita e coleta e análise contínuas de dados, contribuindo para o planejamento e controle de qualidade; entre tantos outros benefícios.

O gerenciamento de documentos é apenas o primeiro passo para usufruir dessas vantagens. Além de colaborar para um projeto mais econômico, respeitando – ou até adiantando – o cronograma, com o uso de tecnologia baseada na computação em nuvem para orientar o processo e gerenciar documentos e informações, alcançar um fluxo de trabalho com maior fluidez, atingir um certo nível de colaboração e reduzir o retrabalho representam as melhores maneiras para uma empresa de construção permanecer rentável.

Aqui estão 5 maneiras para gerar economias substanciais para as construtoras:

  1. Conecte o escritório ao canteiro de obras;
  2. Otimize o tempo e aumente a produtividade;
  3. Certifique-se de que todos estão trabalhando com os documentos atualizados;
  4. Acompanhe com segurança relatórios diários e coleta de dados;
  5. Use dados para vantagem competitiva.

 

  1. Conecte o escritório ao canteiro de obras

Aproximadamente 24% das reclamações de retrabalho são consequências da falta de detalhamento ou especificações e logística imprecisas. Atrasos na obtenção das informações atualizadas no canteiro de obras resultam em mais RFIs e trabalho menos preciso.

O software certo pode fornecer uma única fonte de informação baseada na computação em nuvem para toda a documentação do projeto, possibilitando a comunicação em tempo real e a troca – também em tempo real – de documentos entre o escritório e o canteiro de obras. Com um sistema como o BIM 360, documentos e comunicação podem ser gerenciados em dispositivos móveis portáteis, tornando mais fácil para os trabalhadores do canteiro de obras estarem continuamente alinhados com o escritório; e, assim, realizar o trabalho certo já na primeira vez.

Conectar o escritório ao canteiro de obras traz diversos benefícios:

  • Melhora a compreensão das difíceis condições do projeto;
  • Aumenta a capacidade de transmitir intenção de projeto aos subcontratados;
  • Cria a capacidade de se envolver e colaborar com membros da equipe localizados remotamente;
  • Acelera resolução de problemas e comunicações RFI;
  • Garante que os trabalhadores do canteiro de obras tenham as informações mais recentes para trabalhar.

O grupo de construção global Skanska alcançou um ROI de 948% ao implementar tecnologias baseadas na computação em nuvem. Embora não seja possível garantir tais resultados impressionantes em todas as situações, não há dúvidas de que conectar o escritório ao canteiro de obras reduz o retrabalho.

 

  1. Otimize o tempo e aumente a produtividade

Na maioria das construções boa parte do tempo dos trabalhadores no canteiro é desperdiçado na espera de respostas a perguntas de construção, no deslocamento entre a obra e o trailer para alinhar informações com o projeto e o planejamento, na atualização manual de formulários de verificação (checklists) e outros documentos impressos e no envolvimento em outras atividades que não agregam valor ao projeto.

O software BIM 360 oferece aos colaboradores acesso móvel ao conjunto mais recente de plantas e documentos, incluindo vistas compartilhadas de marcações, problemas e RFIs. Ao invés de perder tempo de deslocamento entre o escritório e a obra e aguardando respostas, os trabalhadores podem ter todas as informações que precisam na ponta dos dedos, trabalhando com maior eficiência e assertividade. Em média, isso resulta em uma economia de aproximadamente 9 horas por trabalhador por semana, de acordo com uma pesquisa do setor.

Estas são horas que podem ser reinvestidas na identificação e resolução proativa de problemas que levam ao retrabalho. Um estudo realizado pela Skanska descobriu que ser capaz de reinvestir tais horas em um projeto de US$10 milhões, com apenas 5% de retrabalho, resulta em uma economia de US$500.000,00.

 

  1. Certifique-se de que todos estão trabalhando com os documentos atualizados

Mais da metade (55%) das reclamações de retrabalho são devidas a dados imprecisos. Quando os trabalhadores no canteiro de obras estão com plantas e documentos desatualizados, na melhor das hipóteses eles perderão tempo se deslocando até o trailer para obter a documentação mais recente. Na pior das hipóteses, eles realizarão o trabalho com base em plantas desatualizadas e como resultado tem-se, com certeza, o retrabalho – sem contar o desperdício.

BIM 360 funciona como uma única fonte de verdade que pode ser acessada em tempo real diretamente do canteiro de obras. Isso limita o desperdício de tempo com deslocamento dos funcionários e garante que todos tenham em mãos todas as ultimas alterações, marcações, respostas a RFIs e resoluções de problemas.

Permissões baseadas em pastas garantem que os colaboradores acessem apenas os arquivos mais recentes e apenas os arquivos que são relevantes para o trabalho deles. O controle de versão e a marcação nativa proporcionam aos usuários a confiança de que eles estão trabalhando com base no conjunto certo de plantas e permite que eles visualizem comentários e notas que são mantidos atualizados com a versão mais recente. Os usuários podem até se inscrever em pastas para receber notificações em tempo real sempre que houver alterações que precisam de sua atenção.

Veja uma pequena demonstração no vídeo abaixo.

 

  1. Acompanhe com segurança relatórios diários e coleta de dados

Muitas vezes no canteiro de obras, um time não sabe muito bem o que o outro está fazendo ou quanto tempo leva para finalizar determinado trabalho e isso leva a atrasos na comunicação e conflitos de cronograma.

BIM 360 fornece um registro de todas as atividades relacionadas a documentação, que é atualizado na medida em que forem acontecendo. Marcações, problemas, RFIs, atualizações de plantas e arquivos acessados estão disponíveis para clara visualização por todos aqueles que precisam daquela informação. Isso garante que as respostas cheguem com tempo hábil ao canteiro de obras, fornecendo as atualizações mais recentes. O software também permite que problemas sejam abordados com antecedência, aumentando a eficiência e diminuindo retrabalho.

O estudo realizado pela McGraw Hill mostra que 76% dos empreiteiros que utilizam tecnologia baseada na computação em nuvem informam melhor colaboração em equipe. A Skanska descobriu uma redução de 45% do retrabalho relacionado ao controle, graças ao uso de sistemas de gerenciamento de documentos baseados na computação em nuvem, como o BIM360.

 

  1. Use dados para vantagem competitiva

Você se lembra do ditado “Fazer a mesma coisa repetidas vezes e esperar um resultado diferente é a definição de insanidade”? Algumas empresas de construção poderiam entrar nessa categoria. Cometem repetidamente os mesmos erros em projetos diferentes, custando montantes incalculáveis e causando frustração incontestável.

BIM 360 remove os silos de dados, que dificultam a colaboração e impedem a identificação das causas raiz dos problemas. Os dados armazenados e coletados no BIM 360 podem ser usados para fornecer insights poderosos para projetos futuros e mudar de indicadores atrasados para indicadores avançados.

Por exemplo, se uma parte de um projeto extrapola o cronograma em algumas semanas devido ao retrabalho, é possível identificar o time responsável por tal parte, observar todas as atividades – finalizadas ou não – de funcionários e fornecedores do time e descobrir a causa do problema. Seja pela demora na resposta a RFIs, por detalhes incompletos, especificações ausentes ou por incompetência de um fornecedor, é possível identificar a causa e desenvolver uma solução para evitar o mesmo problema no futuro.

Em contrapartida, as organizações que utilizam múltiplos aplicativos para gerenciar seus documentos têm dificuldades em juntar as peças do quebra-cabeça. Por isso a família BIM 360 se destaca dentre as soluções do mercado. Além de oferecer soluções para todo o ciclo de vida do projeto – desde o design até o comissionamento, entrega e manutenção do projeto – apresenta uma enorme interoperabilidade entre elas, automatizando os processos de sincronização e comunicação.

No vídeo a seguir é possível conhecer um pouco mais do BIM 360 Docs e ver como essa ferramenta da família BIM 360 realmente facilita e otimiza diversos processos, principalmente de gestão de documentos e de comunicação e colaboração.

 

 

Fontes: Traduzido e adaptado do artigo em inglês 5 Ways BIM 360 Docs reduces construction rework, escrito por Adrienne Bliss; Reinventing construction through a productivity revolutionReinventing construction: A route to higher productivity (Report); The construction productivity imperative