Conforme você tem acompanhado nos artigos do nosso blog, muitas tendências tecnológicas estão surgindo e têm contribuído para avanços no mercado na construção civil. Neste artigo, abordaremos a Inteligência Artificial, que vem ganhando espaço dentro do setor e, inclusive, é um dos pilares da Indústria 4.0.

Em um primeiro momento, a ideia de inteligência artificial pode nos remeter a filmes Hollywoodianos ambientados em futuros distópicos em que máquinas adquirem inteligência própria, robôs dominam a sociedade e tomam o lugar dos humanos. No entanto, é preciso entender que inteligência artificial não se trata do que é exibido em grande parte dos filmes de ficção científica.

Dentro da construção civil, a utilização de algoritmos visa resolver tarefas e problemas recorrentes de modo autônomo, gerando mais produtividade e eficácia. Segundo estudo da consultoria McKinsey, empresas que utilizam IA costumam ter 50% mais lucro comparado às que não utilizam.

Então o que é Inteligência Artificial?

A IA constitui a elaboração de máquinas que possuem uma capacidade de execução de tarefas e tomada de decisões muito próxima a dos humanos. Para isso, um dos meios utilizados é o Machine Learning, ou seja, o aprendizado da máquina. Através do aprendizado obtido com a repetição de algumas tarefas, as máquinas aprendem como realizar determinadas ações com mais efetividade.

O Machine Learning envolve a captação de inúmeros dados, cujas fontes podem ser imagens coletadas por drones, dispositivos móveis ou sensores de segurança. Isso faz com que a quantidade de dados em tráfego seja imensa. A capacidade de se coletar, armazenar, analisar e estruturar este grande volume de dados constitui o Big Data. O cruzamento de todos estes dados, por meio de fontes distintas, pode gerar diversos insights para uma melhor gestão do canteiro através do Data Analytics. Logo, podemos concluir que a inteligência artificial vem evoluindo com rapidez nos últimos anos devido ao grande volume de dados captados na atual era da informação.

Case de Aplicação na Construção Civil – In Situ Fabricator

O Laboratório de Robótica Ágil & Destra (ADRL) do Instituto de Robótica e Sistemas Inteligentes do Instituto Federal Suíço de Tecnologia em Zurique (ETHZ) desenvolveu um robô autônomo, e o batizou com o nome de “Fabricador In Situ”.

De forma totalmente autônoma, o Fabricador In Situ pode circular em diversos tipos de terreno, manipular diferentes tipos de materiais de construção, e corresponder a tarefas que lhe foram atribuídas.

O robô se trata de uma versão aperfeiçoada do “dimRob”, máquina também criada pela ETHZ, que é formada por um braço robótico industrial montado sobre uma estrutura motorizada de rastos, impulsionada por um motor diesel.

O diferencial do Fabricador In Situ, é que o sistema de inteligência artificial elimina a necessidade de intervenção humana, e garante a execução de atividades complexas com precisão milimétrica.

Através de um sistema de varrimento laser, um mapa tridimensional do ambiente é gerado para orientar a circulação do robô. Dessa forma, através desse mapeamento e do modelo CAD gerado na fase de projeto o trabalho é efetuado.

8 benefícios da aplicação de IA na Construção

1. Otimização do projeto

É possível otimizar todo cronograma do projeto e estabelecer um melhor planejamento e estratégia. O fato de a inteligência artificial promover tecnologias que contribuem com a coleta de dados, faz com que todo planejamento da obra seja otimizado. Isso porque as decisões serão tomadas embasadas na análise dos dados captados. Todo o processo se torna mais rápido, pelo fato da captação de dados ocorrer em tempo real. Com isso, as soluções para problemas também são transmitidas em tempo real e é fornecida manutenção preventiva.

2. Melhor controle de qualidade

Através da utilização de drones, imagens dos canteiros são capturadas e é possível verificar se o projeto está seguindo os padrões de qualidade.

3. Estabelecimento de um melhor relacionamento com o cliente

A IA ajuda no conhecimento e identificação do cliente, assim, é possível saber como atende-lo melhor. A MRV Engenharia, por exemplo, disponibiliza um aplicativo mobile com o uso de Inteligência Artificial para seus clientes terem um atendimento melhor e mais ágil.

4. Gestão da segurança

A IA pode evitar acidentes e contribuir com a segurança do canteiro de obras. É possível identificar a violação de procedimentos padrões e o não cumprimento de normas e regulamentações (como a falta de uso de EPI’s). O Autodoc GD4, por exemplo, possui um robô que faz a análise automática de documentos GFIP de colaboradores, poupando horas e horas de conferência humana.

5. Economia de materiais

Por meio do Data Analytics, é possível identificar, por exemplo, quais materiais estão sendo gastos de forma desnecessária.

6. Previsão e mitigação de riscos

A IA permite a realização de testes visando a análise de viabilidade para determinadas ações e sua eficácia. Através do Machine Learning é possível identificar problemas de alto risco, de modo a elaborar soluções preventivas para evitá-lo.

7. Controle de estoque

A IA pode contribuir no controle da quantidade de materiais presente no estoque da obra. Com a Inteligência Artificial é mais fácil administrar o estoque, de forma a manter um bom fluxo de entrada e saída.

8. Construções inteligentes

A implantação de sensores de movimento para automatizar a iluminação economiza uma grande quantidade de energia. Sensores de temperatura também podem ser utilizados para identificar presença de pessoas, fazendo com que câmeras de segurança sejam ativadas quando movimentos forem detectados, por exemplo.

Perspectiva para o futuro da IA na Construção Civil

A Inteligência Artificial aplicada a construção civil ainda está em desenvolvimento. No Brasil, ainda é pouco utilizada. Mas é previsto que ela se consolide cada vez mais, e torne-se usualmente aplicada no futuro. Com isso, tarefas repetitivas praticadas por engenheiros e arquitetos serão reduzidas, algumas tarefas insalubres poderão ser executadas por robôs, e a presença de construções inteligentes será ainda mais marcante.

Se você quer sair na frente e contar desde já com a tecnologia ao seu favor, conheça a Catraca de Acesso Autodoc com tecnologia IoT, que é capaz de analisar em milésimos de segundo se o colaborador possui toda a documentação e treinamentos necessários para acessar o canteiro de obras.

Autodoc

Author Autodoc

More posts by Autodoc

Leave a Reply