Saiba como blockchain e smart contracts podem aumentar a produtividade na construção civil - Site - Autodoc - Institucional
Skip to main content

Tempo estimado de leitura: 6 minutos

Inicialmente associada à especulação e ao mercado de criptomoedas, a blockchain é uma das tecnologias emergentes que podem gerar alto impacto nas transações comerciais. Isso porque ela potencialmente traz confiança e transparência para os ecossistemas de negócios, reduzindo custos e agregando agilidade. 

Atualmente, diversas transações são registradas em blockchain, como pagamentos interbancários, rastreamento de contêineres, verificação de autenticidade de diamantes e, até mesmo, a validação de credenciais acadêmicas.

De acordo com uma pesquisa divulgada pela Sherlock Communications em 2023,  80% dos brasileiros entrevistados acreditam que essa tecnologia vai impactar alguma área de sua vida nos próximos anos.

Quer saber como as transformações trazidas pela blockchain podem afetar a construção civil e o mercado imobiliário? Então, siga conosco:

O que é blockchain?

A blockchain consiste em um protocolo de tecnologias que contribui para automatização de processos de trabalho, facilitando a relação contratual, a validação e o registro de transações. 

Explicando melhor, trata-se de um livro de registros digital, único e imutável no qual são inseridas as transações de forma distribuída após decisões objetivas e descentralizadas de uma rede, um mercado, uma indústria, uma sociedade, etc.

Como funciona a blockchain?

A blockchain registra permanentemente, em uma cadeia sequencial de blocos criptográficos vinculados a um hash (algoritmo), as transações que ocorrem entre os membros da rede. Todos os blocos de transação, uma vez confirmados e validados, são vinculados e encadeados desde o início da cadeia até o bloco mais atual. 

Cada bloco adicional fortalece a verificação do anterior e, consequentemente, de toda a cadeia. Isso torna a blockchain inviolável. 

Além disso, como os membros compartilham uma visualização única dos fatos, é possível ver todos os detalhes de uma transação de ponta a ponta, proporcionando maior confiança.

O que distingue esse livro-razão dos bancos de dados tradicionais é, justamente, sua resistência à adulteração.

Os ativos transacionados em blockchain podem ser tangíveis, como um imóvel, um carro, valores monetários e terrenos, ou serem abstratos como propriedade intelectual, patentes, marcas, direitos autorais.

Quais são as principais características da blockchain?

  • Imutabilidade — As redes são resistentes a modificação dos dados. 
  • Transparência — É possível visualizar todas as transações. Por ser aberta, a rede pode ser auditada por qualquer pessoa. 
  • Confiança — A validação de uma transação requer que outros computadores de outros participantes entrem em consenso para possibilitar que ela ocorra.
  • Universalidade — Trata-se de uma rede sem fronteiras. O protocolo de comunicação não vê distinções geográficas.
  • Automatização — O software foi desenvolvido para não haver duplicidade ou informação conflituosa. Transações que não respeitam essa regra não são registradas na blockchain.

Qual é a relação entre blockchain e contratos inteligentes?

Um dos benefícios da blockchain é viabilizar a existência de smart contracts (contratos inteligentes, em tradução livre). Diferente dos contratos convencionais firmados em papel, os smart contracts consistem em linhas de código executadas automaticamente quando termos e condições pré-determinados são atendidos.

Armazenados em blockchain, esses contratos podem definir regras e consequências, assim como um contrato tradicional, estabelecendo obrigações, benefícios e penalidades às partes envolvidas.

Com os smart contracts, toda transação que, atualmente, envolve indivíduos passíveis de interpretações subjetivas, erros e ilícitos, pode ser substituída por operações automáticas, transparentes, públicas, rastreáveis, seguras e confiáveis. Além disso, como os contratos são assinados por chaves criptográficas, eles não podem ser violados por terceiros sem permissão de acesso.

Por suas características, os smart contracts estão associados a alguns benefícios como:

  • Velocidade e precisão. Por serem digitais e automatizados, os contratos inteligentes estão menos sujeitos a erros, em comparação aos contratos tradicionais escritos.
  • Maior confiabilidade. Os contratos inteligentes executam transações automaticamente, seguindo regras predeterminadas.
  • Segurança decorrente da criptografia. Como cada registro individual é conectado aos registros anteriores e subsequentes em uma razão distribuída, toda a cadeia precisaria ser alterada para modificar um único registro.
  • Redução de custos. Uma vez que os contratos inteligentes eliminam intermediários. 

Algumas aplicações de blockchain na construção civil

Os smart contracts são uma das principais aplicações de blockchain na construção civil. Mas há outros usos possíveis dessa nova tecnologia. Entre eles:

  • Tokenização de ativos — Em operações de compra e venda de imóveis, a tokenização permite dividir uma unidade imobiliária em um conjunto de frações convertidas em tokens que podem ser adquiridos por pessoas diferentes. Trata-se de uma forma de pulverizar a venda e contribuir para a redução do estoque imobiliário. O fracionamento de unidades também pode ser utilizado em permutas, em negociações de distrato e em operações de garantia. 
  • Rastreabilidade de processos e comprovação de práticas ESG (Environmental, Social and Governance) — Plataformas para cadeia de suprimentos integradas à blockchain podem ser uma solução para garantir transparência aos processos de produção, venda e relacionamentos. Empresas como JBS, Carrefour, Nestlé e Walmart já utilizam esse recurso para rastrear suas redes de fornecedores.
  • Permitir o pagamento com criptomoedas — A aquisição de imóveis mediante criptomoedas já é uma realidade no Brasil. Construtoras como Gafisa, Cyrela e Vitacon já aceitam criptomoedas para o pagamento de apartamentos, por exemplo. 

Conclusão

Inicialmente impulsionada pelas transações com criptomoedas, a blockchain vem encontrando aplicações em diversos setores da economia, inclusive na construção civil e no mercado imobiliário.

Tendo como principais atributos a imutabilidade e a rastreabilidade, essa tecnologia pode viabilizar transações mais seguras e com menos intervenção humana. Empresa do Grupo Ambar, a Autodoc vem acompanhando essa evolução, apoiando seus clientes que estão em meio a uma jornada de transformação digital. Destaque para as soluções que permitem digitalizar a gestão das obras, como o Autodoc Eva, Autodoc Diário de Obras e Autodoc GD4. Entre em contato para conhecer mais sobre esses e outros produtos.

Estamos passando por instabilidades que estão acarretando atrasos no envio das notas fiscais de serviços e boletos. Informamos que estamos trabalhando para uma solução definitiva.

Caso você não tenha recebido o link das notas fiscais e/ou boletos, aguarde o envio.

Em alguns casos, você poderá receber mais de um e-mail repetido. Por favor, desconsidere as informações duplicadas. Se você recebeu o e-mail com informações erradas, por favor, abra um chamado.

Suporte financeiro