Como fazer gestão de projetos de construção civil - Site - Autodoc - Institucional
Skip to main content

A gestão de projetos de construção civil é uma das chaves para empresas do segmento obterem maior lucratividade. Afinal de contas, ela permite antecipar riscos, elevar a confiança na tomada de decisões e melhorar o desempenho da empresa como um todo.

A importância desta atividade é proporcional aos desafios que ela impõe. Aos gestores de projetos cabe a tarefa de sincronizar recursos, pessoas e processos bastante dinâmicos, além de atender prazos exíguos e padrões de qualidade pré-determinados.

Você quer saber como obter os melhores resultados com uma gestão de projetos eficiente? Então, siga conosco:

A importância da gestão de projetos na construção

De forma simplificada, gestão de projetos de construção é uma disciplina que visa garantir a finalização do projeto de acordo com os recursos estimados. Por meio de um conjunto de ferramentas e técnicas, ela fornece um processo estruturado para planejar, executar, monitorar e controlar projetos, garantindo seu sucesso e o aproveitamento otimizado dos recursos.

Ao aperfeiçoar a gestão de projetos na construção civil é possível reduzir custos e aumentar a produtividade. Sabe como? Porque uma gestão de projetos consistente permite:

  • Criar um fluxo de trabalho fluído, gerenciando melhor o tempo despendido em cada ação;
  • Melhorar o aproveitamento dos recursos, sejam eles humanos, financeiros e de materiais, para que os objetivos finais sejam alcançados;
  • Controlar melhor riscos inerentes ao projeto;
  • Facilitar o monitoramento das atividades para respeitar as normas de segurança do trabalho;
  • Melhorar a comunicação entre os agentes envolvidos;
  • Elevar a qualidade do produto final;
  • Aumentar a satisfação de clientes finais e das demais partes interessadas, bem como melhorar a imagem da empresa perante o mercado.

O profissional que gerencia projetos na construção civil precisa superar uma série de obstáculos em seu dia a dia. A necessidade de minimizar imprevistos, a interdependência entre as tarefas e a pressão por respostas rápidas são apenas alguns deles.

Como fazer uma gestão de projetos eficiente?

Você que atua na construção civil sabe que a gestão de projetos é uma atividade para lá de dinâmica. Como cada projeto possui suas particularidades, os graus de complexidade e os novos desafios vão surgindo constantemente.

Isso mostra a importância de ter, logo de início, um escopo de projeto bem definido, além de planejar, acompanhar e controlar alterações e interferências que venham a surgir no decorrer do processo.

Você sabia que mudanças no escopo são os motivos mais comuns para os projetos fracassarem? Alterações no  escopo de projeto estão dentre os principais motivos geradores de atrasos, além de contribuírem diretamente para estouros no orçamento.

Ao envolver planejamento, análise de risco, monitoramento de progresso e controle de custo, a gestão de projetos de construção exige conhecimentos especializados e habilidades de gestão. Na rotina diária, é necessário que os gerentes de projetos de construção sejam capazes de conciliar demandas diversas, como:

  • Administrar o trabalho coletivo e colaborativo;
  • Comunicar os objetivos do projeto de forma clara;
  • Motivar os membros da equipe para que todos caminhem juntos em busca dos resultados desejados.

Além disso, os profissionais de gestão de projetos na construção civil também precisam desenvolver um plano de trabalho alinhado ao escopo. Sempre contemplando a gestão de entregas e os requisitos de qualidade. Tudo isso sem descuidar dos indicadores para controle do fluxo e progresso das atividades.

Nesse ponto, as ferramentas digitais, especialmente aquelas projetadas para facilitar trocas entre os agentes com rapidez e segurança, tornam-se cada vez mais importantes. Os sistemas de gestão de projetos assíncronos são verdadeiros aliados no fluxo de projetos de obra.

Principais metodologias para a gestão de projetos de obra

Outra ação primordial para quem busca sucesso na gestão de projetos é escolher uma metodologia eficaz para auxiliar o gerenciamento. Não há um método melhor do que outro. A definição da melhor metodologia para cada empresa depende das preferências e afinidades do gestor, bem como do nível de gerenciamento que se deseja ter.

Em empresas da construção civil, algumas metodologias bastante usuais são:

  • PDCA — Um dos métodos de gestão de projetos mais tradicionais, é focado na promoção da melhoria contínua de processos, produtos e serviços. O ciclo PDCA se baseia em quatro etapas: planejar (plan), fazer (do), checar (check) e agir (act).
  • Método do caminho crítico— Leva em conta que algumas tarefas só podem ser iniciadas depois que outras forem completadas, formando o caminho crítico do projeto. Essa metodologia prevê o uso de um diagrama de redes para que os gestores tenham uma visão gráfica de como as atividades se relacionam. Ela também foca na elaboração de estratégias de priorização de atividades que podem bloquear o fluxo do projeto, gerando atrasos no cronograma.
  • Scrum — É um método de gestão de projetos ágil e que tem sido cada vez mais adotado. O Scrum prevê a divisão do projeto em pequenas etapas, chamadas de sprints. Cada uma delas prevê metas menores, a serem realizadas em períodos mais curtos, de até 15 dias. Ao final de cada sprint, os resultados são avaliados. Além disso, erros e acertos são detectados rapidamente a fim de proporcionar a melhoria contínua para as etapas seguintes.
  • Project Model Canvas — De fácil entendimento, essa metodologia propõe a substituição dos projetos e suas documentações por uma folha A4 e alguns post-its. Com isso cria-se uma espécie de mapa simplificado, com informações objetivas relacionadas à justificativa, entregas, indicadores de sucesso, além de uma linha do tempo com os principais marcos do projeto.
  • Kanban — Outro exemplo de metodologia ágil, o kanban é muito utilizado por empresas aderentes ao pensamento enxuto (lean). Procura melhorar a visualização dos fluxos de trabalho e do progresso do projeto, ao mesmo tempo que reduz a probabilidade de ocorrência de gargalos. Prevê a confecção de quadros visuais com as principais tarefas do projeto.

Por que a gestão de projetos falha?

Há uma série de motivos que levam a gestão de projetos de construção ao fracasso. Alguns erros muito comuns nas empresas são negligenciar a comunicação entre os agentes e minimizar os riscos.

Para evitar problemas de comunicação, o gestor precisa dedicar atenção especial para garantir canais que facilitem o fluxo da mensagem e a eliminação de ruídos.

Já para lidar com o gerenciamento de riscos, uma boa referência é  o Guia PMBOK (Project Management Body of Knowledge) elaborado pelo PMI (Project Management Institute). A publicação especifica que o gerenciamento de riscos de um projeto deve incluir processos de condução do planejamento, identificação, análise, planejamento de ações, implementação das respostas e monitoramento dos riscos.

Outra falha a ser evitada na gestão de projetos é a definição de expectativas e cronogramas irreais. Vale lembrar que um cronograma excessivamente agressivo pode gerar impactos negativos em qualidade e custos, o que é péssimo tanto para o produto final quanto para a imagem das empresas da construção civil.

Como escolher um bom software para gestão de projetos?

A tecnologia tem sido uma aliada importante no gerenciamento de projetos, sejam eles simples ou mais complexos. Um exemplo são as ferramentas para automatizar as atividades da gestão, controlar insumos e analisar riscos, ajudando  construtoras e incorporadoras a superar dificuldades da gestão de projetos de obra.

Um ponto de alta criticidade para os gestores de projetos é a gestão do tempo. Nesses casos, as ferramentas digitais também têm uma contribuição importante, facilitando o controle de cronogramas, criando linhas do tempo – ou até mesmo linhas de balanço – para monitorar a execução de cada tarefa e gerando painéis interativos para visualizar o status geral do projeto.

Os softwares de gestão de projetos mais avançados permitem criar um fluxo de trabalho contínuo ao concentrar e disponibilizar todos os documentos e projetos interdisciplinares em uma única plataforma para acesso de todos os envolvidos.

Outra funcionalidade interessante dessas ferramentas é o acompanhamento remoto. Em uma indústria como a construção civil, na qual as atividades acontecem tanto no escritório, quanto no canteiro de obras, a mobilidade é algo de extremo valor.

Um dos recursos mais importantes para o desenvolvimento e a gestão de projetos de construção é o controle de versões de projeto. Essa funcionalidade garante que todos os envolvidos na execução estejam olhando para a versão mais atualizada de um documento de obra.

Leia também:

Cronograma de obra: por uma gestão mais eficiente na Construção Civil

4 dicas para gestão de projetos na Construção Civil

Estamos passando por instabilidades que estão acarretando atrasos no envio das notas fiscais de serviços e boletos. Informamos que estamos trabalhando para uma solução definitiva.

Caso você não tenha recebido o link das notas fiscais e/ou boletos, aguarde o envio.

Em alguns casos, você poderá receber mais de um e-mail repetido. Por favor, desconsidere as informações duplicadas. Se você recebeu o e-mail com informações erradas, por favor, abra um chamado.

Suporte financeiro