Embora a gestão da qualidade não seja uma novidade para as construtoras brasileiras, é fato que ela ainda é um tema sensível no setor. Entre tantas fragilidades, a Construção Civil sofre com prejuízos provocados por vícios construtivos, atrasos em cronogramas, alto índice de retrabalho.

Mas algumas construtoras têm percebido que seus processos de gerenciamento podem melhorar, e muito, quando apoiados pela tecnologia. Estamos falando especialmente de softwares especialistas e aplicativos que permitem digitalizar documentos e centralizar as ações. Quer saber como? Continue conosco:

Desafios à gestão da qualidade

Você sabe que a qualidade na Construção Civil não abrange apenas o produto final, mas todos os processos envolvidos na obra. Para quem atua nesse setor, há diversos organismos que atestam a qualidade das obras e dão mais credibilidade às empresas, como a ISO 9001 e o PBQP-h. Entre outros benefícios, essas certificações padronizam a execução dos serviços, promovem maior controle sobre os materiais, proporcionam maior capacitação dos colaboradores e monitoram a verificação da satisfação dos clientes.

Mas há alguns desafios por trás disso. O primeiro é que, para garantir qualidade real aos empreendimentos, apenas a implantação de um sistema com certificação ISO 9001 e PBQP-H nem sempre é suficiente. É preciso, também, conquistar uma cultura empresarial voltada para a qualidade e que envolva as pessoas que atuam em cada uma das etapas de desenvolvimento e execução.

Além disso, essas normas envolvem uma série de processos que, quando realizados de modo manual, demandam muito esforço e, principalmente, tempo. É natural, portanto, que dispor de ferramentas para adicionar agilidade e mobilidade seja tão importante.

A tecnologia como aliada da qualidade

Confira a seguir sete benefícios que a digitalização pode proporcionar à gestão da qualidade das empresas da Construção Civil:

  1. Otimiza um grande volume de dados e centraliza informações em um único lugar com constante atualização;
  2. Gera, de modo prático e com recursos visuais, indicadores que sinalizam o desempenho e a qualidade;
  3. Ajuda a controlar os treinamentos dos colaboradores e as auditorias;
  4. Possibilita às empresas girar seu PDCA (Plan, Do, Check, Action) digitalmente e visualizar as não-conformidades e o plano de ação eletronicamente;
  5. Agiliza processos que podem consumir muito tempo. Lembre-se: controles manuais costumam ser indutores de erros no canteiro, atrasos e perda da qualidade;
  6. Ao dar agilidade aos processos, a digitalização da gestão da qualidade permite liberar gerentes e diretores para se concentrarem em atividades mais estratégicas para as obras e para o negócio;
  7. Otimiza a auditoria interna.

Você pode perceber que a tecnologia, quando bem aplicada, pode tornar os processos de gerenciamento bastante precisos e simplificados. Mais do que isso, ela pode dar apoio para uma tomada de decisão assertiva.

Como sua empresa incorpora a tecnologia na gestão de qualidade? Se estiver interessado em conhecer uma solução interessante baseada nas normas ISO 9001, ISO 14000, OHSAS 18000 e PBQP-H, clique aqui.

Até o próximo post!

LEIA TAMBÉM

Saiba como o lean construction pode ajudar a sua empresa

FVS física ou digital: Qual utilizar na gestão da qualidade de serviços?

PBQP-H: Saiba como implementar

Webinar Autodoc – Qual o impacto da LGPD na construção civil? Descubra! É em 23/11 às 17h. Inscreva-se já!
Autodoc

Autor Autodoc

Mais posts de Autodoc

Join the discussion One Comment

Deixe um Comentário