Lean Construction: melhore o desempenho do canteiro de obras
Skip to main content

Tempo estimado de leitura: 9 minutos

Entenda como o Lean Construction pode reduzir desperdícios e aumentar a produtividade das suas obras, neste guia prático você vai ver:

  • 1º princípio: identificando o valor
  • 2º princípio: mapeamento do fluxo de valor
  • 3º princípio: planejamento e controle de produção
  • 4º princípio: fluxo contínuo
  • 5º princípio: sistema puxado
  • 6º princípio: melhoria contínua
  • 7º princípio: envolvimento e capacitação de equipes

Quem atua com construção civil, já conhece os muitos desafios que esse segmento enfrenta. Erguer prédios e imóveis complexos é algo que, apesar de impressionante, também pode “dar errado” em vários momentos. O Lean Construction foi desenvolvido para reduzir os riscos de que isso aconteça.

A seguir, vamos explicar esse conceito e explicar o motivo dele ter se tornado tão popular no meio. Também traremos um passo a passo para que você aplique essa ferramenta e algumas observações para que você descubra se esse caminho é o melhor para você. 

Ah, e é claro: tem um bônus para você no final deste artigo. Aproveite para aprender e ganhar acesso a ele!

O que é o Lean Construction?

“Lean Construction” lhe soa familiar, mas você não se lembra de ter tido nenhuma experiência com ele? Talvez você tenha, na verdade, se deparado com o Lean Manufacturing (ou construção enxuta), que foi a base dessa tendência.

Lean manufacturing é uma abordagem de gestão que visa eliminar desperdícios, otimizar processos e maximizar o valor para o cliente. Na versão da construção civil, o objetivo é o mesmo, mas há um cuidado específico para entregar todas essas ideias sem comprometer a qualidade dos resultados que chegarão aos clientes.

Portanto, o Lean Construction é um modelo que reduz perdas, melhora a eficácia e aumenta a comunicação entre times, criando mais produtividade em diversas etapas da construção civil.

Mas como fazer isso? Através dos princípios trazidos pelo Lean Construction. Teoricamente, ao seguir esses passos corretamente, você deve se deparar com um fluxo de trabalho muito mais eficiente e funcional, além de perceber investimentos que podem ser feitos ou cortados. 

1º princípio: identificando o valor

Existe uma diferença muito significativa entre custo e valor. Os seus produtos ou serviços são vendidos por um preço específico aos seus clientes, mas isso não significa que ele reflita o seu valor. 

Basicamente, esse primeiro ponto consiste em manter apenas o que agrega valor ao seu negócio. Processos burocráticos, complexos e trabalhosos são desnecessários e, por isso, poderiam ser descartados sem nenhum impacto na sua qualidade.

Afinal, se não está sendo útil, não há motivo algum para manter um processo. Apesar dessa ideia ser radical, ela pode ser interessante para quem precisa rever lógicas que se perderam ao longo do tempo. Mas atenção: isso não significa que você deve sair cancelando diversas ações da sua empresa.

Se você está investindo em educação de colaboradores, por exemplo, é possível que demore um tempo para perceber os resultados. Mas isso não significa que esse custo está sendo irrelevante, apenas que ainda não chegou o momento de aproveitá-lo. 

2º princípio: mapeamento do fluxo de valor

Vamos supor que, ao cumprir o primeiro princípio do Lean Construction, você percebeu diversos déficits no fluxo de trabalho. Muito além de sair cortando  todos eles, é preciso olhar para o quadro geral, entendendo qual é o papel de cada processo. 

Por exemplo: o que poderia ser mais eficiente para reduzir o retrabalho da sua gestão de obras na construção civil? Ou como é possível ter um melhor aproveitamento do tempo de trabalho das equipes? Que atitudes você pode tomar para impedir que os clientes se frustrem com o que foi entregue?

Se você fizer essas perguntas e criar soluções, estará desenvolvendo um mapeamento do fluxo de valor: uma espécie de materialização de tudo que acontece na sua empresa, do momento em que um consumidor cogita contratá-los (ou até antes) até o pós-venda.

3º princípio: planejamento e controle de produção

A esse ponto, você já tem uma boa ideia de como anda o funcionamento da sua empresa. Agora, é hora de começar a pensar no futuro, pensando na confiabilidade e na eficiência das atividades executadas. Perceba que isso é crucial, dado que o retrabalho é totalmente contraditório aos ideais do Lean Construction.

Imagine que você dedicou um tempo significativo do seu projeto ao desenvolvimento de uma proposta que, no final, nem vai ser usada. Pode parecer que foi uma fase necessária, mas mesmo sendo apenas uma idealização, as horas investidas foram um custo abraçado pela sua construtora.

O que você poderia ter feito para evitar todo esse esforço desnecessário? Na fase de planejamento e construção, a ideia é criar cronogramas de obras, identificar tarefas e recursos e, principalmente, criar um plano baseado em uma estratégia que faça sentido para os seus objetivos.

4º princípio: fluxo contínuo

Sabe quando uma carga de concreto chega e toda a sua operação para até que o momento de conferir a qualidade do material seja definido?

Essas interrupções podem parecer inofensivas, mas quando colocadas em uma escala de construção civil e quando interpretadas como gargalos que costumam acontecer na obra, elas representam riscos significativos para o seu prazo. 

Se você precisa parar a produção por algum motivo, um dia já pago aos colaboradores vai ser desperdiçado, os materiais podem perder qualidade e, o mais importante, a energia que estava em alta pode acabar baixando. 

Não se preocupe: a ideia de usar o fluxo contínuo não consiste em nunca errar ou não cometer nenhum desvio ao longo do caminho, já que isso é inevitável. Ele, no entanto, incentiva a identificação rápida de problemas, bem como a resolução deles.

Lendo sobre esse ponto, você deve estar notando que o Lean Construction tem um perfil muito objetivo. Se você concluiu isso, está na direção certa. Para ter sucesso nele, é preciso praticar o desapego: se uma estratégia está demorando mais que o esperado para trazer resultados ou está sendo mais trabalhosa do que deveria, talvez seja hora de partir para a próxima alternativa.

5º princípio: sistema puxado

Você se lembra do exemplo que trouxemos sobre o espaço de convivência há alguns tópicos? Vamos reutilizá-lo para explicar a razão do quarto princípio do Lean Construction, o sistema puxado.

Quando trabalhamos com o público, é normal querer entregar sempre o melhor. E isso é ótimo: quando uma empresa se compromete a surpreender o cliente, geralmente o feedback é muito positivo para ambos os lados.

No entanto, é preciso ter cuidado. Voltamos a dizer que cada hora de trabalho em uma construtora custa dinheiro. Muitas vezes, não há necessidade de começar nenhum esforço se a sua necessidade não for confirmada.

É preciso ter atenção com cada detalhe dessa etapa. Em uma empresa, tudo funciona como uma engrenagem. Se cada setor estiver trabalhando em momentos, fases e lógicas diferentes, as coisas vão acabar não se encaixando quando se encontrarem.

Então, garanta que todos vão estar alinhados. Apesar de ser uma das tarefas mais difíceis da gestão, essa atitude é primordial na busca por um melhor desempenho no mercado da construção civil.

6º princípio: melhoria contínua

“Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente. É o mais adaptável às mudanças.” _ Charles Darwin

Charles Darwin disse que “não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente. É o mais adaptável às mudanças.” Esse pensamento tem absolutamente tudo a ver com o Lean Construction, já que o nosso próximo princípio é a melhoria constante.

É muito bom ver o seu projeto redondo, pensado nos mínimos detalhes, com um fluxo ágil e com um conceito bem definido. Mas se você não estiver pronto para enxergar e consertar o que não está tão correto quanto você imaginou, o Lean Construction não vai funcionar.

Caso opte por essa metodologia, não imagine que vai guardar seus relatórios na gaveta. Tudo precisa estar sempre visível e pronto para passar por ajustes. Não veja isso como problemas, e sim como oportunidades que surgiram para o aprimoramento da sua marca.

7º princípio: envolvimento e capacitação de equipes

O sétimo e último princípio no Lean Construction não poderia ser outro que não o envolvimento e a capacitação das equipes. Há algum tempo, nós falamos sobre o uso de inteligência artificial  na construção civil. Mas nesse caso, mesmo com foco em resultados, é preciso lembrar que a base dessa metodologia são as pessoas.

Deixe o espaço sempre aberto para ideias, sugestões e críticas construtivas. Incentivar os colaboradores a abraçarem responsabilidades e participarem ativamente, sem medo de serem julgados por isso.

Além de ser ótimo para todos, isso também pode trazer inovações excelentes para a sua empresa. Hoje em dia, boas sugestões são valiosas e compensa separar um tempo para escutá-las e levá-las em consideração.

Como introduzir o Lean Construction na sua empresa

Agora que você já conhece as principais etapas dessa jornada, é hora de começar a colocá-las em prática. Além do bônus que prometemos, também queremos dar outra dica importante para o seu processo.

É inimaginável fazer tudo isso sem ajuda. Em 2023, a tecnologia já não é mais uma alternativa para a construção civil: ela é uma obrigação e um compromisso com a qualidade das suas entregas. 

Existem muitas empresas de digitalização, muitas delas excelentes. Mas para realmente suprir a sua demanda, a melhor solução é optar por parceiros que sejam focados nessa área de atuação e que tenham uma expertise de anos em obras.

A Autodoc é, com certeza, a principal opção com essa descrição. Uma empresa do grupo Ambar, a Autodoc possuí mais de 350.000 usuários, a companhia conta com um catálogo completo para líderes que queiram ter mais desempenho do momento da concepção do projeto, passando pelo contato com fornecedores e chegando à revisão.

Fale conosco diretamente pelo WhatsApp!

Estamos disponíveis pelo WhatsApp. Escolha a opção que melhor se encaixa e vamos ajudá-lo!
icone vendas

Converse com Vendas

Estamos aqui para ajudar você a encontrar a solução perfeita para suas necessidades. Clique no botão abaixo para iniciar a conversa agora mesmo.

WhatsApp de Vendas

icone suporte

Converse com Suporte

Nossa equipe de suporte está pronta para ajudar a resolver qualquer problema ou responder suas perguntas. Clique no botão abaixo e vamos conversar!

WhatsApp de Suporte

Estamos passando por instabilidades que estão acarretando atrasos no envio das notas fiscais de serviços e boletos. Informamos que estamos trabalhando para uma solução definitiva.

Caso você não tenha recebido o link das notas fiscais e/ou boletos, aguarde o envio.

Em alguns casos, você poderá receber mais de um e-mail repetido. Por favor, desconsidere as informações duplicadas. Se você recebeu o e-mail com informações erradas, por favor, abra um chamado.

Suporte financeiro